DB2

Autor: Setpoint Tecnologia - 10:29 - 27/08/2012


IBM DB2

A Setpoint Informática possui em seu quadro funcional profissionais Certificados para atuação como DBA e desenvolvimento avançado de Triggers e Stored Procedures em Java e linguagem nativa do DB2, proporcionando às suas aplicações maior robustez e consistência dos dados.


Saiba mais sobre o IBM DB2:

O nome DB2 foi dado para o Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados que a IBM lançou em 1983 baseado em SQL/DS para seu mainframe. A princípio o produto foi chamado System R que fora iniciado em 1978. O projeto DB2 começou no início dos anos 70 quando Edgar Frank Codd, trabalhando para IBM descreveu a teoria dos Banco de dados Relacionais e publicou sua teoria em Junho de 1970. Para aplicar o modelo, Codd criou uma linguagem de banco de dados relacionais que a chamou de Alpha.

Entretanto, a IBM não acreditava no potencial das suas idéias, deixando-o fora da supervisão do grupo de programadores, que violaram diversas idéias fundamentais do modelo relacional de Codd. O resultado foi a linguagem SEQUEL, que depois foi mudado para seu acrônimo SQL porque SEQUEL já era uma marca registrada. Por muitos anos o DB2 foi feito exclusivamente para rodar nos mainframes da IBM. Posteriormente a IBM introduziu o DB2 para outras plataformas de servidores, incluindo o Unix e o Windows, para então colocar no Linux e PDAs.

Esse processo foi feito na década 90. A inspiração para os detalhes de implementação do DB2 vieram da linguagem DL/1 da IBM e do Sistema de Gerenciamento de Informações também desta empresa. As novas versões já são avaliadas para OS/2 e é chamada DB2/2. Na metade do ano de 2006, a IBM anunciou o “Viper”, o codinome do DB2 9 para computação distribuída e para DB2 9 no z/OS. A empresa diz que o novo DB2 será o primeiro banco de dados relacional que armazena o XML nativo.

Outros recursos incluem o desenvolvimento baseado em OLTP para computação distribuída, o desenvolvimento baseado em Business Intelligence (BI) e Data Warehousing (DW) para z\OS, mais recursos de auto configuração e auto gerenciamento, adição de recursos para a plataforma 64-bits (especialmente para z/OS), melhoria na performance do armazenamento estruturado para z/OS e a continuação da padronização do vocabulário da linguagem SQL entre z/OS e outras plataformas distribuídas. (Fonte: WikiPedia)

Setpoint Tecnologia